segunda-feira, outubro 04, 2010

Tony está Livre

Há dois anos Tony Kanaan recebia proposta de Chip Ganassi para correr na segunda maior equipe do Indy. Tentação das maiores mas o contrato oferecido tinha pouco tempo de duração. Um ano com opção para o segundo. Ao mesmo tempo Michael Andretti ofereceu um contrato mais longo, cinco anos.
Em nome da história da parceria entre ambos, Tony estava na equipe desde 2003, e contando ainda com a possível reconstrução de um time vencedor, Tony topou permanecer na Andretti. Nesse cálculo contou muito, também, o envolvimento com o patrocinador a 7-Eleven.
Mas o mundo dos negócios é mesmo muuito dinâmico e tudo mudou. Tanto a equipe mudou de nome, quanto os objetivos passaram a ser mais financeiros que desportivos. O time chegou a ter cinco carros! Tony trabalhou muito, fez a parte dele inclusive ensinando o filho do dono da equipe e orientando a recém chegada Danica Patrick. O trabalho do Tony incluia testar e fazer o acerto básico de todos os carros ( os cinco), para as 500 Milhas de Indianápolis, por exemplo.
Mas mudaram os planos da 7-eleven que retirou o patrocínio principal do carro 11 e passou a ser cotista secundário do carro da...Danica Patrick.
Sem patrocínio, neste momento a gente lê nos principais sites do planeta, que o futuro de Tony está indefinido. Duvido que Tony fique sem equipe para 2011. Alguém, vai aproveitar a oportunidade de ter tanta experiência e qualidade por perto.
Tony está livre.

3 comentários:

ricardo disse...

Ele é um grande piloto, altissimo nivel e com uma rara qualidade, que passa a todos seus torcedores, que é de ser "gente boa"..
fico na torcida para que logo ele esteja em uma equipe de ponta...

Ricardo Novello

Léo disse...

Olá Celso, sou seu fã desde a época que você estava no SBT cobrindo a Cart.
Fico triste pelo Tony, é um baita piloto, um dos melhores da categoria e do Brasil, espero que consiga um lugar melhor.
Não sei porque mas me veio um pensamento agora, dizem que a Penske vai dispensar um dos pilotos, provavelmente o Ryan Briscoe, foi comentado que queriam ficar com 2 pilotos, mas..........se eles tivessem um terceiro piloto como o Tony? Será? Ligue os pontos.
Um abraço e parabens pelo blog Celso.

Thiago Augusto Barbosa disse...

A pé Tony não fica, acho que Andretti tem muito a perder com uma possivel saida do Tony, é ele que mantem a equipe num nivel acima de equipes como Newman-Haas, Danica, dá sinais de ir procurar novos ares logo logo, talvez 2012 ou 2013 ela deve estar disputando uma temporada regular da Nationwide, Marco não tem a mesma capacidade do Tony no valante e da Danica no marketing (e no vaolante também ela deixa ele no chinelo)éle é só um bom piloto, distante de seu pai e seu avô, Hunter-Reay tem futuro incerto, pois depende do patrocinador, é bom piloto, mas ninguem corre sem grana, por tudo isto, e por ainda ter um contrato a cumprir, acho que Andretti vai mexer os pauzinhos e dar um jeito de manter o Tony. O que é dificil acreditar é que enquanto o campeão de 2004, um dos melhores do mundo, passa por uma situação dessas, outros pilotos sem o menor talento não tem dificuldade lguma em conseguir uma vaga no grid.